ao vivo
Atualizado em

Em vídeo, Fontes expõe relatos de racismo

Em vídeo, Fontes expõe relatos de racismo

“Eu chorei muito, pedindo perdão para ela por não ser como ela e como as amigas dela”. O depoimento faz parte do mais novo vídeo do cantor Fontes. “Verso Nada Livre” foi lançado na última sexta-feira (5) e conta com relatos sobre racismo. Além disso, o trabalho também tem a participação de artistas como Bixarte e Escurinho.

“Verso Nada Livre” faz parte do EP de estreia do cantor, intitulado “Não Conformista”, lançado em janeiro.

Produzido pelo DJ paraibano Guirraiz, o EP já estava sendo pensado desde 2017, ficando disponível apenas em 2019. Posteriormente, Fontes foi convidado para participar de uma edição do Som Nascente. No episódio, o jornalista Diogo Almeida bateu um papo com ele sobre o trabalho do artista. Ouça!

Cerca de quatro meses após a publicação do primeiro trabalho, Fontes lançou o novo vídeo, gravado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). No videoclipe de “Verso Nada Livre”, há uma série de depoimentos em que pessoas negras contam sobre situações de racismo vividas por elas. Além da participação de artistas locais, a própria mãe de Fontes, Cemira Higino, gravou um relato. Confira!

Fontes

O cantor Fontes tem 22 anos de idade e despontou na cena alternativa de João Pessoa recentemente. Mas, embora seja natural de Resende, no Rio de Janeiro, o rapper mora na capital paraibana há cinco anos. Segundo ele, que já se considera nordestino, seu envolvimento com o rap começou por volta de 2008.

Posteriormente, Fontes começou a produzir shows da Red Bull Breaktime Sessions na UFPB. Sendo assim, em uma apresentação do Sinta A Liga Crew, um grupo feminino de rap, ele conheceu o produtor e DJ Guirraiz. Após algumas conversas, o produtor aceitou produzir o rapper, dando início a parceria entre os dois.

*Com informações do G1 Paraíba



Comentários 0

Comente esta notícia

Nossa programação é feita para e por você

Envie as músicas que você gostaria de ouvir em nossa playlist