ao vivo
Atualizado em

Cabo Branco FM apresenta: “Elis Vive”

Cabo Branco FM apresenta: “Elis Vive”

Já havia Elis Regina na vida da Nathalia Bellar menina. “Ouço desde criança”, disse a cantora, em entrevista à Cabo Branco FM. “Eu ficava brincando com a minha mãe, dizendo que parece que vivi a época de Elis. Eu ainda não era nascida quando ela se foi, mas, às vezes, eu me sinto assim, parte da época dela”.

Agora, a Nathalia Bellar mulher e cantora interpreta, com autoridade de quem não é mais pequena – seja em idade, seja na música –, as canções que ficaram conhecidas nas vozes dos maiores nomes da MPB.

Paraibana, Nathalia tem uma brasilidade única, no estilo, trejeitos e na voz poderosa e suave. A artista vem de uma família que esteve sempre envolvida com música. Contudo, foi quando ela começou a enxergar a área musical com olhos de artista, para além da “atmosfera do barzinho”, que teve a ideia para o show “Elis Vive”.

“Foi entre 2013 e 2014, quando eu comecei a me preocupar com shows mais direcionados e trabalhos mais artísticos, que veio a ideia de fazer uma homenagem a Elis Regina”, ela explicou.

Posteriormente, Nathalia participou de um programa de show de talentos da Rede Globo. Após a participação na 6ª temporada do The Voice Brasil, a cantora ganhou projeção nacional. Foi com um dos sucessos de Elis que a paraibana garantiu uma vaga na competição, passando pela audição “às cegas”.

 

“Elis Vive”: homenagem à mãe da MPB

 

Naturalmente, Nathalia tem um afeto especial por ‘Pimentinha’, como foi apelidada o ícone da MPB devido a sua personalidade ácida e ousada. Segundo a paraibana, “existe o antes e o depois de Elis na Música Popular Brasileira”. De fato. Afinal, Elis Regina é considerada a mãe da MPB. “Eu não poderia deixar de homenagear a Elis que, para mim, o maior ícone”

A apresentação-espetáculo “Elis Vive” tem uma pegada teatro que tem uma espécie de participação interativa da cantora homenageada. Nathalia disse que passou pelo teatro e por isso se preocupa tanto com “com interpretações densas e viscerais”. Para ela, Elis é o que há de melhor em relação a isso.

O show deste sábado (11) vai acontecer no no auditório Sérgio Bernardes, localizado no Tambaú Hotel, a partir das oito horas da noite. O evento também é uma comemoração ao Dia das Mães e, para Nathalia Bellar, “é uma verdadeira honra interpretá-la [Elis Regina], especialmente em uma data tão importante como essa”.

A banda que acompanhará a apresentação é formada por Igo Wendel (piano), Adriano Ismael (baixo, cello), Glauco Andrezza (bateria) e Jefferson dos Santos (percussão), o show.

Nathalia revela que, em um dos melhores momentos do show, ela “divide” o palco Elis, com quem canta “Trem Azul”. Confira um pouco do que vai rolar por lá:



Comentários 0

Comente esta notícia

Nossa programação é feita para e por você

Envie as músicas que você gostaria de ouvir em nossa playlist